Como criar uma ficha de personagem

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Como criar uma ficha de personagem

Mensagem  KAOz em Ter Abr 03, 2012 7:31 am



A Ficha de personagem
1.0 INTRODUÇÃO

Para participar de uma luta interpretativa, todo e qualquer personagem (exceto npcs) devem possuir uma ficha. Esta ficha é única e precisa passar por um processo de aprovação e ajuste (se necessário). Uma vez aprovada, deve permanecer inalterada. Para alterá-la, o personagem não poderá estar envolvido à nenhuma luta e o jogador responsável deverá postar as alterações no antigo tópico de avaliação de sua ficha para que possa ser reaprovada pelos juízes. A ficha possui vários campos que serão explorados mais profundamente a seguir. São eles:


1.1 UTILIDADE

A ficha de um personagem serve:

  • Para que os juízes possam buscar informações a respeito do personagem na hora da avaliação;

  • Para que os oponentes possam buscar informações a respeito do personagem em momentos que o jogador não conseguir expressar claramente alguma habilidade ou comportamente dentro do campo de batalha;

  • Para estabelecer um certo equilíbrio na batalha, visto que toda ficha deve passar por avaliação e aprovação dos juízes;

  • Para que um oponente possa compreender sua história e sua descrição psicológica quando precisar usar esses dados em habilidades específicas como: Ler mente, criar ilusões, transformar-se em alguém e etc;

  • Para que os jogadores mantenham os pés no chão, visto que ele não pode inventar coisas que não constam na ficha ou alterar um poder repentinamente.


2.0 OS CAMPOS DA FICHA

2.1 NOME: Se o personagem pertencer a uma obra existente, o nome deve ser igual, a menos que o personagem tenha sofrido alguma mudança inventada pelo jogador. O personagem criado pelo jogador pode ter o nome que ele desejar, desde que não seja de origem pornográfica, racista, ou que deixe os outros jogadores constrangidos.

2.2 TENDÊNCIA: Aqui devem ser colocadas palavras chaves que identificam a tendência do seu personagem. Ex: Bom, mal, cruel, frio, sanguinário, caótico, justiceiro, vigarista etc. Você pode usar quantas palavras quiser para definir a tendência do seu personagem.

2.3 ORIGEM: Se o seu personagem foi criado inteiramente por você, basta deixar isso claro. Porém, se o seu personagem é baseado ou inspirado em alguma obra, ou até mesmo se ele pertence inteiramente a alguma obra, estas devem ser citadas aqui.

2.4 DESCRIÇÃO FÍSICA: Quando alguém olha para o seu personagem, o que ele vê? Essa pergunta deve ser respondida de forma detalhada, seja o personagem criado pelo intérprete ou não. Neste campo, é necessário que sejam descritas todas as características externas relevantes do seu personagem, como: raça, idade – tanto aparente quanto real -, sexo, musculatura, peso, altura, cabelos, roupas, odores, ruídos que faça ao se mexer etc. Essas normas também se aplicam em habilidades que façam seu personagem sofrer modificações em sua forma física ou que invoquem outros seres. Neste caso, as características atualizadas devem ser corretamente descritas na habilidade em questão.

2.5 DESCRIÇÃO PSICOLÓGICA: A descrição psicológica deve explorar profundamente a personalidade de seu personagem. Quais são seus hábitos? Quais são seus ideais? Como os acontecimentos externos influenciam suas emoções? Ele possui algum medo ou trauma? Do que ele gosta e o que odeia? Esses são apenas alguns dos pontos a serem desenvolvidos. Sim, apenas alguns. A descrição psicológica é ainda mais importante do que a física, pois é através dela que os juízes saberão se o seu personagem está sendo devidamente interpretado. Quanto mais informações estiverem contidas aqui, mais precisa será a avaliação dos juízes e a compreensão dos demais sobre seu personagem.

É importante ressaltar que, apesar de estar descrito aqui, o comportamento do seu personagem pode mudar durante uma luta. Não existe uma lei que defina suas emoções, mas se isso acontecer, os motivos devem ser claramente visíveis.

2.6 UNIVERSO: Este campo serve para que o jogador explique o universo que cerca seu personagem. Não importa se ele já é de uma obra existente, afinal, ninguém é obrigado a saber. Entende-se por universo o mundo em que o seu personagem vive, os elementos que nele existem e as regras que o regem. Podemos tomar como demonstração o universo de Dragon Ball Z.

Nele, muitos planetas além da terra possuem vida e seres que os habitam. O espaço é um lugar plenamente habitado e movimentado. Mercenários e todo o tipo de gente e raça viajam de um planeta a outro em busca de aventuras ou outras coisas de seus interesses. Muitos planetas e inclusive a terra possuem uma tecnologia avançada, muito superior à que vemos hoje em dia. Os terráqueos são serem muito fracos e frágeis, comparados a outras raças como os Namekuseijins e os Saiyajins. Todos os seres do universo possuem uma energia denominada KI. Essa é a energia vital dos seres vivos. O KI pode ser controlado por alguns seres vivos, que aprendem a usar técnicas especiais com o seu uso.

2.7 HISTÓRIA: A história do personagem é particularmente importante por diversos motivos. Através dela, os juízes e os outros lutadores podem conhecer melhor as origens da personalidade de seu personagem. Às vezes os fatos ocorridos com o personagem dizem muito mais sobre ele do que a definição propriamente dita de sua personalidade. Outro fator importante é que alguns personagens possuem poderes de ilusões ou leituras de mente de vários tipos e seria interessante dar-lhes a possibilidade de explorar o passado de seu personagem com mais precisão para aumentar a riqueza interpretativa de ambos. Muitos jogadores dão continuidade à história de seu personagem conforme as lutas acontecem. Isso não é obrigatório, mas pode se tornar algo legal e, inclusive, melhorar seu desempenho durante as próximas lutas.

Não preocupe-se com o tamanho da história, pois gostamos bastante de ler, especialmente se você for criativo e tiver aptidão à escrita.

2.8 HABILIDADES E TÉCNICAS: Todos os personagens comuns têm direito a oito habilidades/técnicas. Seu personagem pode possuir um número menor de habilidades se isso for de seu interesse, entretanto, nunca pode ultrapassar o limite máximo de oito. Todas elas irão passar por um processo de aceitação e ajuste para que estejam de acordo com o padrão do fórum.

Todas as habilidades e técnicas devem estar tão precisamente descritas quanto for possível para que não gerem problemas de interpretação. Costuma ser a parte que mais demorada na avaliação, pois exige contínuos e repetitivos ajustes, especialmente nas habilidades mais poderosas ou mais elaboradas.

As habilidades em si não respondem necessariamente a um nível máximo de poder, mas o conjunto delas em seu personagem não pode resultar em algo muito abusivo. Deste modo é comum existirem personagens com poucas habilidades tendo uma ou outra habilidade mais avançada, enquanto outros precim nerfar uma determinada habilidade por já ter muitas de nível elevado.

Existem alguns termos que usamos para nivelar certas habilidades. É importante tomar conhecimento deles e usá-los sempre que achar necessário. Frequentemente os juízes pedem para que um jogador adicione uma ou mais dessas propriedades. São elas:

Delay: Tempo necessário para reutilizar uma habilidade que acabou de ser usada. Pode estar descritos em turnos (um, dois, três...) ou tempo (hora, minuto, segundo).

Efeitos colaterais: Geralmente, habilidades muito poderosas trazem uma série de efeitos colaterais ao personagem que a utiliza (dores, cansaço, tonturas, desmaios e até mesmo a morte).

Pré-requisitos: Algumas habilidades possuem pré-requisitos. Não esqueça de citá-los. Uma habilidade com pré-requisitos é mais facilmente aceita pelos juízes.

Limite de uso: Algumas habilidades extremamente OP, são limitadas a 1 ou 2 vezes por luta. Isso pode ser definido por você ou por um juiz, caso haja necessidade.

Tempo de preparação: Algumas habilidades são instantâneas, outras não. Se seu personagem precisa de tempo para executar uma habilidade, você deve colocar isso na descrição da mesma, seja em tempo real ou em turnos.

Movimentos de execução: Como é que seu personagem faz para executar uma habilidade? Ele pula? Bate palmas? Soqueia o chão? Faz gestos? Enfim, descreva isso na habilidade, se houver.

Ponto fraco: É interessante apresentar o ponto fraco da sua habilidade caso exista e não for tão óbvil. Essa atitude pode render bons momentos durante uma luta.

2.9 ITENS: Todo personagem tem direito a usar armas, armaduras e itens para ajudá-lo em sua batalha, no entanto, como no restante da ficha, o bom senso deve prevalecer.

Armas e armaduras, em especial, devem ser minuciosamente descritas com todas as suas características, peculiaridades, modo de uso e o local onde normalmente seu personagem as carrega. Sua descrição é tão importante quanto a descrição física do próprio personagem.

O equilíbrio deve sempre ser mantido. Dessa forma, se o seu personagem já é muito forte por si mesmo, tente não colocar itens muitos vantajosos ou de grande poder. O contrário também é válido, se o seu personagem usa muitos itens, tente não forçar a barra nas habilidades.

Algumas armas e armaduras podem ter efeitos adjacentes, em alguns casos, inclusive, conferindo alguma habilidade extra ao personagem. Entretanto, se esse for o caso, procure criar mecanismos para enfraquecer seu personagem de alguma maneira, visando sempre o equilíbrio.

Os personagens não possuem um limite máximo de itens, no entanto, o bom senso deve prevalecer. Caso os juízes julguem necessário, o personagem deverá sofrer mudanças, diminuindo o número de itens ou baixando suas vantagens e atributos.
avatar
KAOz

Mensagens : 76
Data de inscrição : 25/02/2012
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum