Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  KAOz em Qua Ago 08, 2012 11:43 pm

Personagens:
Adam Bailey: LINK
Natsu Dragneel

Dr. Hamisen House


Dr. Hamisen é um cientista considerado maluco e condenado à morte por crimes desumanos e experimentos proibidos com pessoas vivas. Há 57 anos ele vem fazendo suas pesquisas nas escondidas e muda frequentemente de lugar devido à perseguição de forças militares e caçadores de recompensas que desejam sua cabeça. Há mais de 16 refúgios registrados em que Dr. Hamisen ficou por algum tempo e muitos continham pistas de seu paradeiro e de suas pesquisas devido à pressa com que muitas vezes tivera que sair do local, tendo que abandonar muitas de suas coisas.

A arena, uma grande casa abandonada, foi o último local por onde Dr. Hamisen passou. Esta é uma informação desconhecida por todos, mas os sussurros e boatos dos moradores da vila indicam que de fato alguma coisa aconteceu naquela casa nas últimas madrugadas, mas, como ninguém viu nada pelo lado de fora, ninguém tentou entrar, talvez pelas histórias sinistras que contam a respeito daquela casa ou por falta de interesse.

Status negativos: Após perceber que estava sendo perseguido, Dr. Hamisen foi embora às pressas, levando consigo apenas seus papeis. Dentro da casa, há corpos de pessoas recentemente mortas e em putrefação, o que deixa o ambiente com cheiro de morte. Além disso, existe uma dúzia de frascos de uma substancia altamente venenosa e corrosiva, que se colocada de encontro à pele, ou for exalada, pode causar diversos sintomas, como alucinações, mal estar, febre e até mesmo convulsões. Os frascos estão em uma mesa na cozinha e os corpos estão espalhados pela sala e quartos.

OBS: A luta não necessariamente tem que acontecer dentro da casa.


Última edição por KAOz em Ter Dez 18, 2012 12:43 pm, editado 1 vez(es)
avatar
KAOz

Mensagens : 76
Data de inscrição : 25/02/2012
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  ycarowr em Dom Set 02, 2012 2:30 pm

Os dias naquela cidade passavam devagar, este era o quarto e último do prazo que Adam deu ao “coronel que não trabalhava”, apelido dado pelos funcionários ao coronel da cidade, um ruivo sardento de estatura média que aparecia no escritório onde trabalhava somente nas segundas feiras. Tudo o que Adam precisava, era a assinatura do infeliz que não vinha cumprir seu dever. Paciente, Adam acordou cedo e tomou um café com torradas na frente do hotel onde estava hospedado. O lugar era aconchegante, mas o que lhe incomodava eram as mesas de madeira, quase todas fediam verniz e lhe causavam enjoo, a exceção era o balcão de mármore que cheirava álcool devido as frequentes limpezas do falador Roice, o garçom, um homem obeso que sabia tudo de todos. Ele dizia que a noite a cidade toda vinha beber no seu balcão, contou a Adam duas ou três vezes a história da única vez que ele havia faltado o trabalho, “A noite de luto” ele havia nomeado, Adam comentou que deveria ser um feriado, e isto lhe rendeu uma doze extra naquela noite.

De barriga cheia e com os ouvidos doendo após a conversa com Roice, Adam se dirigiu ao escritório do coronel. Novamente, nem precisou entrar para saber a que o homem não estava presente, foi reconhecido pela velha recepcionista que estava na porta fumando devido ao “pouco” movimento do lugar. Ela o informou que o coronel só voltaria na próxima semana, pois ele tinha diversos compromissos fora do expediente de trabalho. Adam agracedeu a senhora e deu meia volta pensando "Cansei, vamos ao que interessa".

Os dias que Adam passou ali na cidade não foram totalmente inúteis, pois aquele tempo foi usado para coletar mais informações sobre o caso do Dr. Hamisen. Através de Roice, Adam descobriu que toda a informação que trafega pela cidade passa nas mãos do dono do jornal, assim usando sua autoridade de Major, Adam teve acesso a todo o arquivo de notícias da cidade. Foram dois dias de busca, entrava durante a manhã e saía quando o sol se punha, ficava dentro de uma sala pequena e cheia de pó, enquanto um assistente designado pelo dono do jornal lhe trazia os arquivos antigos. De cara Adam achou melhor não comentar o que procurava, mas no segundo dia o garoto conseguiu persuadí-lo com a desculpa de que se soubesse do que se tratava ele poderia agilizar o processo. Horas depois encontraram o jornal do dia da fuga, inclusive os arquivos de edição. Com uma cópia deles Adam só precisaria da autorização do coronel para visitar a casa, pois de acordo com Edward ela se localizava em uma área restrita no interior da cidade, novamente Roice lhe confirmou o local, e lhe deixou ciente dos boatos da cidade: “Dizem que o velho comia gente, falam que ele tinha armadilhas para pegar quem ronda a casa, e quem ele pegava virava comida”. Com sua maleta na mão Adam chegou no local, mas sem a autorização do coronel. Ele iria invadir o local pois estava cansado de perder tempo com bobagens burocraticas.

Faziam exatos 15 dias que Edward lhe contara por telefone que um velho morador de uma cidade no leste estava sendo procurado por assassinar, conservar e usar os cadáveres para fazer experimentos. Interessado pelo assunto Adam se dirigiu a central, lá foi recebido pelo Fuher Roy Mustang, que lhe ordenou tomar conta do caso pois era o alquimista mais indicado para tal. Ele explicou que devido a antigos acontecimentos foi criada uma divisão do estado que ficava de olho nos acontecimentos relacionados a transmutações humanas, isto foi um dos motivos do próprio Adam ser acusado alguns anos atrás. Esta divisão detectou boatos que Hamisen, um antigo alquimista que tentava prolongar a vida de animais poderia estar testando suas teorias em humanos. No outro dia Adam embarcou na locomotiva que se dirigiu a cidade onde o doutor foi visto pela última vez.

_________________
"Transformar o complicado em simples exige criatividade." - Hohenheim da luz
avatar
ycarowr
Admin

Mensagens : 88
Data de inscrição : 21/02/2012
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  Gustavo M. em Dom Set 09, 2012 6:45 pm

Era tarde, quase 17:45h, quando os moradores de uma pacata e humilde vila avistaram uma estranha cena: um jovem de cabelos espetados cor de rosa conversando com um pequeno gato azul que falava. Caminhavam naturalmente pelas ruas daquela vila, mas aparentavam ter vindo de longe. Eles o observaram por várias minutos até que, uma palavra dita pelo rapaz fez com que suas espressões mudassem subitamente de curiosos para temerosos.

- Ei Happy, como você acha que é esse Dr. Hamisen?

Instantaneamente as portas e janelas do ambiente se fecharam deixando um silêncio desértico. O gato demorou a responder, pois essa mudança de hospitalidade chamara sua atenção, mas Natsu insistiu:

- Happy! Eu tô falando com você!


- Aye! - exclamou voltando a dar atenção a seu amigo - Eu não sei, no trabalho não falava nada sobre ele...

- É, se ao menos a Lucy estivesse aqui! Será que ela já melhorou?

- Ei Natsu, vamos assustar ela quando a gente voltar?

- Hahahaha!!! A gente finge ser esse Dr. Hamisen dos boatos... Hahhaha!!!

- Hahaha!!! Aye!

Os dois seguiram arquitetando seu plano maligno por algum tempo até que, sem perceber, chegaram a casa mais afastada do vilarejo. Era aparentemente pequena e inóspita. Sua entrava ficava logo após à pequena ponte que auxiliava a travessia por cima de córrego largo, porém raso. Natsu e Happy observaram o local atentamente. Havia um ar suspeito naquele cenário, apesar da paisagem harmoniosa de fora.

- Vamos entrar! - chamou Natsu.

Os dois se aproximaram da porta vagarosamente e tentaram abri-la, mas estava trancada. Então, sem titubear, o Dragon Slayer fez sua mão pegar fogo e quebrando o silêncio, explodiu a porta a dentro num barulhento e poderoso soco:

- TADAIMA!¹

De repente, a expressão de Natsu já não mais beirava rebeldia, mas sim, surpresa ou susto. Era possivel ver inúmeros corpos humanos começando a se decompor. Estavam presos pelos pulsos, outros largados no chão. Todos com marcas de cortes e costuras macabramente feitas. Um odor desagradável emanava do interior da casa para fora.

- Mas o que... - tentou manifestar sua impressão, mas parou, demonstrando que nem tinha palavras para isso.


- Natsu, eu vou ficar aqui. - disse um Happy bastante assustado com o que via.

O garoto olhou para ele e respondeu dando um sorriso reconfortante:

- Tudo bem, Happy! Me espere aí!

Então entrou na casa com seriedade. Não pode deixar de levar sua mão ao nariz tentando diminuir o cheiro desagradável. Seus olhos repudiavam tudo o que via ali, até que a sombra de um homem no interior da casa chamou sua atenção. Estava escuro, mas seus olhos conseguiram identificar que se tratava de um homem alto, 1,80m e que usava óculos. Só podia ser o bandido que procurava, pensou. Seus dentes se serrilharam e sua veia na testa saltou, tornando-se claramente visível.

- DR. HAMISEN!!! - exclamou furioso avançando em sua direção com uma grande quantidade de chamas queimando em seus braços, o que iluminava aquele local provavelmente como nunca antes.

Se conseguisse se aproximar o suficiente, tentaria acertar seu poderoso soco em chamas que lançaria o homem contra a parede a ponto de fazê-lo atravessa-la seguido da explosão das chamas:

- Karyuu no Tekken!!! (Punhos de Ferro do Dragão de Fogo)


Nota: ¹ - Tadaima = Cheguei, estou de volta.
avatar
Gustavo M.

Mensagens : 66
Data de inscrição : 25/02/2012
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  ycarowr em Seg Set 24, 2012 4:55 pm

Adam estava logo na entrada da ponte forçando as vistas para ver o telhado da casa, tinha uma forma triangular e possuía duas calhas que levavam a água direto para o córrego logo abaixo da ponte. No segundo andar da casa existia apenas uma única janela pequena que estava logo acima da porta. Esta situava-se no lado oposto da ponte de concreto, era única entrada da casa a princípio. A esquerda da porta, apesar da parede ser bem espessa, parte dela havia desmoronado, dando a casa com um aspecto velho e mal cuidada. A base da casa era rodeada por uma estrutura de pedras, ela servia para manter a casa no lugar devido às erosões devido a proximidade ao pequeno rio.

Enquanto Adam andava até a porta passou os dedos pelo corrimão que existia na entrada da porta, estava capenga e quase caindo para dentro do córrego. Para chegar a casa era necessário passar por cima da água através de uma ponte velha e cheia de mato que não tinha mais de 30 metros de comprimento.

A porta de madeira estava velha e um pouco trincada, como tudo ali ao redor. Ao forçar a maçaneta da porta Adam percebeu que ela estava destrancada. Devagar, ele empurrou a porta hesitando quando ela começou a rangir, neste momento sentiu um cheiro pútrido nauseante, lembrou do cheiro de verniz no bar de Roice, que também lhe causava enjôo. Mas aquilo não chegava nem perto, era muito pior.

Dentro da casa Adam fechou a porta e trancou-a com a chave que estava dentro, pendurada na maçaneta da porta. Retirou o paletó e o segurou próximo ao nariz, para amenizar o cheiro de podre que dominava o lugar. De costas para a porta o alquimista forçou as vistas para perceber o que existia logo na frente. Jogados no chão do cômodo que parecia com a sala, existiam dez corpos, encontravam-se nus e atados dois a dois nos braços um do outro. Espantado e de olhos arregalados Adam pensou sentindo sua veia do pescoço palpitar no ritmo do seu coração que batia desesperadamente devido aquela situação: “O que é isso, não retiraram os corpos daqui ainda?”.

Tentando acalmar-se, Adam ajeitou os óculos com o dedo anelar, respirou fundo e procurou se ater-se aos detalhes, ele devia prestar atenção em cada coisa fora do lugar. Como a sala e a cozinha eram juntas, Adam atravessou o cômodo devagar, cuidando para não tropeçar no par de botas que estava no chão. Estava à procura de algum círculo ou sinal de alquimia. Perto da pia olhou através da janela, mas encontrou somente árvores secas e uma grama mal cuidada, nada mais. Dentro da pia havia panelas, pratos e talheres não lavados. Em cima da mesa, de um lado existia um prato com uma faca, um garfo e restos de comida mofada. No outro havia um grande kit de laboratório com muitos frascos, entre eles béquers e tubos de ensaios vazios, mas o que tomou a atenção de Adam foi outros dos tubos de ensaios vedados que estavam empilhados lado a lado dentro do kit.

Olhando de perto Adam concluiu ser mais seguro não abrir os frascos, apenas catou o frasco que lhe parecia mais vedado e botou no bolso direito da calsa, iria avaliar ele com mais cuidado outra hora. Passando aproximadamente meia hora, Adam concluiu correta sua suposição de que Hamisen havia saído dali às pressas. Ainda haviam panelas não lavadas na pia, em cima da mesa havia o prato de comida verde, cheia de mofo. O par de botas sujas de barro bem no meio do caminho, a porta aberta, os corpos ali jogados perto do sofá. No segundo andar, onde era o quarto, a cama estava desarrumada e a cômoda estava cheia de roupas. Isto já era previsto por Adam, mas o que realmente o intrigou foram os corpos e muitas pistas que deveria ser retiradas dali e confiscadas no quartel.

Parado no meio da sala com o paletó sobre o nariz, Adam refletia sobre toda a situação que estava. Quando alguém o assustou forçando a fechadura da porta. Apavorado, Adam deu um passo para trás enquanto seu cérebro procurava alguma pessoa para ligar aquele fato: O coronel da cidade? Mais um passo para trás e “- TADAIMA!”, a porta veio a baixo, por trás da poeira que subiu havia um garoto de cabelo estranho, ele permaneceu parado, pasmo com o que via. Quando o menino recuperou-se do susto, sua expressão beirava a indignação enquanto olhava os corpos no chão, logo levantou a cabeça e correu na direção de Adam com um braço em chamas.

- DR. HAMISEN!!! Karyuu no Tekken!!!

No momento que o garoto entrou Adam sentiu certo alívio, era só um menino. Adam não pode deixar de reparar algo saltou do ombro do menino e falou que não seguiria adiante. Mas o que realmente lhe assustou foi o detalhe dele quebrar portas, sem dúvida era um alquimista ou carregava granadas. Pelas palavras ele estava voltando ao lugar. “Ele já esteve aqui antes” pensou Adam. Mas seu raciocínio foi substituído por “É um alquimista!” quando o moleque inflamou o braço e pôs-se a correr em sua direção.

Adam reagiu rápido a situação largando seu paletó e fechando com as mãos seu círculo de alquimia. Enquanto o menino se aproximava, Adam ajoelhou-se e espalmou as mãos no concreto do chão transmutando o ferro usado na base da casa em 6 vinhas que saiam do local da transmutação e iam na direção da criança, as vinhas enrrolariam-se nos braços, pernas e cintura do inimigo visando a imobilização do mesmo.

_________________
"Transformar o complicado em simples exige criatividade." - Hohenheim da luz
avatar
ycarowr
Admin

Mensagens : 88
Data de inscrição : 21/02/2012
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  Gustavo M. em Sex Out 12, 2012 4:47 pm

- Você é um mago?! - exclamou surpreso quando viu Adam bater suas mãos e espalmar o chão fazendo surgir cabos de ferro do solo.

*Para evitá-los, Natsu saltou por cima dos cabos ainda com a intensão de atingir o alquimista ofensivamente, no entanto, antes que pudesse chegar no mesmo, sentiu sua perna ser rodeada pelo cabo de ferro que a puxou pra trás, derrubando-o com um forte estrondo:*

- AAAAAaaaahhhh!!! - gritou o garoto chamando a atenção de Happy.

*Tão rápido quanto o barulho, o Dragon Slayer foi enrolado pelas vinhas de metal que prendiam seu corpo como uma serpente, deixando-o incapaz de se levantar ou de mover seus braços.*


- NATSU!!! - ecoou a voz do exceed, que imediatamente após o grito de seu amigo, entrara na casa, ignorando o medo.

*Logo que avistou o homem abaixado adiante do Salamander, ainda com as mãos próximas do chão, o gato sentiu um arrepio. Os óculos do sujeito brilharam num breve instante causando a impressão intensa de um assassino frio e cauteloso. Estava ainda numa região escura do interior da casa e os olhos grandes de Happy não conseguiam visualizar detalhadamente a expressão do sujeito.*

- Happy, não entre aqui! - alertou Natsu se chacoalhando ridiculamente no chão como uma lagarta tentando romper seu casulo - Maldito Dr. Hamisen! ME SOLTA! Você não vai fazer experimentos comigo!


- Natsu... - soou baixinho e temerosa a voz de Happy novamente, estava congelado de medo, pensando se ajudava o amigo ou se o obedecia saindo dali.
avatar
Gustavo M.

Mensagens : 66
Data de inscrição : 25/02/2012
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  ycarowr em Seg Out 22, 2012 10:51 pm

“Se tem concreto, tem ferro” Foi o pensamento de Adam ao espalmar suas mãos e ajoelhar-se. O menino perguntou rapidamente se Adam era um mago. Mas a pergunta foi ignorada momentaneamente, pois Adam se concentrava em mover a maior quantidade possível de ferro das vigas e sapatas e direciona-los ao seu inimigo.

Enquanto o moleque saltava desviando dos primeiros fios de metal, um dos restantes amarrou-se a perna do rapaz puxando-o para baixo fazendo-o se estatelar de bruços no chão. Praticamente indefeso, as vinhas dominaram a criança que gritou desesperada. De trás do garoto revelou-se preocupado um ser pequenino e azul que flutuava exclamando provavelmente o nome do menino. Este rapidamente exigiu que o pequenino se retirasse, mas ele permaneceu imóvel.

“O que é isso ? Um gato azul voador que fala ? Uma quimera provavelmente, mistura de gato com alguma ave falante... Tão bem treinado, se apavorou quando seu dono estava em perigo.” Pensou Adam ao ver aquela criatura estranha, então levantou-se e ajeitou o óculos com o dedo anelar, o local estava um pouco escuro, existia somente a luz proveniente da janela atrás de Adam, esta que por sua vez refletia no kit de laboratório, no vidro da estante onde ficavam guardados os pratos e utensílios domésticos e no óculos de Adam.

- Sim garoto, alguns povos antigos nos chamavam assim. – Dizia Adam referenciando ambos, pois já sabia que o garoto era um alquimista. – Você veio de onde ? Pelas palavras antes de entrar você parecia estar voltando a este lugar. O que sabe sobre o Dr. Hamisen ? E... – Adam não resistiu, sua curiosidade falou mais alto. – O que é esta criatura azul
?

_________________
"Transformar o complicado em simples exige criatividade." - Hohenheim da luz
avatar
ycarowr
Admin

Mensagens : 88
Data de inscrição : 21/02/2012
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  Gustavo M. em Sab Nov 03, 2012 6:05 pm

*Natsu parou de tentar escapar dos cabos de ferro cessando seus movimentos ao escutar a voz calma do alquimista. Aparentemente ele confirmava que era um mago, algo que deveria constar na descrição da missão que aceitaram (o que aumentaria muito o perigo que ela oferecia), mas por alguma razão não constava. Ele ainda ousava agir como se não fosse o sujeito procurado, mas Natsu não acreditava nisso. Por um momento, o Dragon Slayer fez uma expressão compreensiva como se fosse responder de forma sensata, mas quando abriu a boca, disse:

- KYAHAHAHA! VOCÊ NÃO VAI ME ENGANAR DR. HAMISEN!!!! - então subitamente seu corpo se incendiou amolecendo as vigas de ferro e no interior das chamas, apenas uma forma humana com aspecto de carvão, cujos olhos irradiavam um brilho vermelho e espectral.

*O Salamander se levantou retorcendo o metal incandescente que o prendia como se fosse arame, em seguida, interrompeu a combustão mostrando sua expressão confiante com um largo sorriso e nenhuma queimadura.*

- Eu vim da Fairy Tail para te capturar Hamisen e sei que você vale 20.000 Jewels!!! - disse retirando de dentro de sua jaqueta um papel com enunciado pequeno, porém com números grandes e bem destacados - E quanto ao Happy... - apontou a ele e depois bateu sua mão no peito com força - Happy é meu Nakama¹ e eu não vou deixar você fazer mal a ele!

*Por fim Natsu abaixou-se pegando um dos pedaços pequenos e ainda amolecido pelas chamas e o ergueu na altura de sua boca até que, sua mão esquentou incandescendo novamente o metal. Várias gotas pingaram sobre sua língua. O garoto mastigou rapidamente e sorrindo, cuspiu-os na direção do alquimista em grande velocidade como se fossem balas de revólver. Ao mesmo tempo, descartou o restante do cabo de ferro e fez surgir grandes quantidades de fogo em cada uma de suas mãos. Caso Adam corresse, ele o acompanharia com os tiros e assim que lançasse o último, atacaria com uma única grande esfera de fogo dizendo:*

- Karyuu no Kouen! (Grande Chama da Salamandra!)

*Se acertasse, poderia causar queimaduras de 1° ou 2° grau além de destruir e incendiar boa parte da casa. Happy continuaria parado os observando.*


¹ Nakama - melhor amigo, praticamente da família.
avatar
Gustavo M.

Mensagens : 66
Data de inscrição : 25/02/2012
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  ycarowr em Qua Nov 14, 2012 7:31 am

Momentaneamente o menino parou de lutar contra todo aquele ferro ao redor do seu corpo. Parecia ter desistido enquanto ouvia as palavras de Adam, no entanto, ele ainda acreditava que Adam era Hamisen. Um breve instante foi suficiente para o garoto reunir forças e irromper em chamas enquanto gritava alegando que Adam era o Dr. Hamisen. De pé, saíndo do meio de todo aquele ferro derretido, ele afirmou:

- Eu vim da Fairy Tail para te capturar Hamisen e sei que você vale 20.000 Jewels!!!

Perplexo, Adam acabara de ver um garoto sair ileso de uma combustão que atingira mais de 1500 graus ceusius, grande parte do ferro estava derretida. Assustado, Adam viu ele juntar, atear fogo e começar a mastigar um pedaço de ferro mole.

A velha estrutura do local, o fato de Adam trazer para a superfície grande parte do ferro da fundação e a grande temperatura no ponto onde o garoto estava foram fatores que comprometeram toda aquela parte da casa. Era questão de minutos até tudo aquilo vir abaixo e levar consigo grande parte do cenário onde o verdadeiro Hamisen praticava suas atrocidades. O chão ao redor do garoto encontrava-se seco e esfarelado, alguns móveis, os que estavam mais próximos do local da combustão, entraram em contato com as chamas e estavam queimando, entre eles a mesa onde estava depositado o kit de produtos químicos do Dr. Hamisen.

Sendo assim, Adam não viu opção melhor, espalmou as mãos e as estendeu no chão. Do outro lado o menino cuspiu pedaços de ferro quente na direção do alquimista, mas estes foram bloqueados pela imença viga de pedra que surgiu rapidamente entre Adam e o mago. Esta possuia cerca 2 metros de comprimento e largura, e se estendia até o teto. Logo após o término da transmutação, Adam desenhou com alquimia um novo círculo na viga e dirigiu-se a janela da cozinha logo atrás. Tentaria subir na pia e usar a alquimia para abrir uma passagem no vidro e se esgueirar para fora da casa.

_________________
"Transformar o complicado em simples exige criatividade." - Hohenheim da luz
avatar
ycarowr
Admin

Mensagens : 88
Data de inscrição : 21/02/2012
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  Gustavo M. em Qua Dez 05, 2012 10:01 am

"Então você pretende fugir?"

*Pensou Natsu ao vê-lo formar uma viga para se proteger e avançar em direção a janela próxima a pia, mas o Dragon Slayer não o deixaria escapar tão facilmente, cuspindo a última "bala", ele lançou a esfera de fogo que segurava:

- Karyuu no Kouen! (Grande Chama da Salamandra!)


- NATSUUU!!! - gritou Happy tentando alertá-lo sobre o local, mas já era tarde.

*Natsu respondera virando sua cabeça pra olhar o que seu nakama queria, no entanto, uma série de explosões já se sucedia, a começar pela grande esfera de fogo que abrira uma cratera gigantesca na lateral da casa. Tão rápido quanto seu ataque, o fogo se espalhara pela casa e assim que alcançava as vidrarias com líquidos estranhos, estes explodiam espalhando ainda mais as chamas. Happy sabia que o fogo não seria problema pra Natsu, no entanto, se a casa viesse a desabar, seria importante que este estivesse consciência disto.*

- Certo Happy! – o garoto respondeu com um sorriso.

*Então o exceed saiu em um vôo. O Dragon Slayer voltou seu olhar procurando Adam, mas já não o conseguia ver. Vários destroços caíam do teto da casa, a fumaça negra ou acinzentada cobria boa parte do local. Era difícil dizer a localização do sujeito. Talvez este tivesse conseguido escapar pela janela afinal, na verdade, Natsu não tinha nem certeza se ele fora atingido pelo seu ataque. Mas como tentara escapar, provavelmente já não se encontrava ali dentro.*

*Não demorou muito até a casa desabar, mas Natsu conseguira sair sem grandes dificuldades, no entanto, agora procurava com os olhos, seu inimigo. Happy o ajudava sobrevoando o local.*
avatar
Gustavo M.

Mensagens : 66
Data de inscrição : 25/02/2012
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  ycarowr em Ter Dez 18, 2012 8:57 pm

Justamente como Adam havia previsto, a viga criada lhe proporcionou o tempo necessário para realizar a fuga. O vidro da janela partiu-se quando foi disposto a alquimia de Adam, que pulou para fora no exato momento que ouviu o garoto gritar algumas palavras de dentro da casa, tais palavras foram seguidas de um estrondo. Assustado Adam pôs-se a correr olhando para trás. Através da janela que havia pulado, a viga de pedra dentro da casa estava se rompendo.

“Tanta força!” - Pensou Adam pasmo afastando-se da casa, enquanto via o bloco de pedra se partir. Junto a ele a lateral da casa desabou levantando uma quantidade imensa de poeira. Neste momento o alquimista encontrava-se em um leve declive a cerca de 10 metros da parede da casa. O céu estava com poucas núvens e sol fazia Adam franzir os olhos, estava suando, sentia seu coração bater acelerado devido ao nervosismo daquela situção. Parado, viu mais uma parte da casa desabar enquanto seu cérebro processava as informações.

“O garoto fora mandado aqui para dar um fim nas provas contra Hamisen e está encenando aquilo tudo? Não, o odio no olhar quando ele viu as pessoas mortas. Não era uma encenação” - Respondeu Adam para si mesmo - “Preciso preservar a casa o máximo possível” - Pensou enquanto olhava para a água do córrego e para fogo que dominava a casa. “Mas antes preciso me livrar deste garoto”. Foi quando algo desviou seu olhar para o outro lado da casa. Viu o pequeno gato azul voador e lembrou-se.

-Happy é meu Nakama e eu não vou deixar você fazer mal a ele.

Ajeitando o óculos que estava torto devido a corrida declive acima Adam sorriu. Pensou no círculo dentro da casa, mas este estava destruído pois a viga está em pedaços. Assim espalmou as mãos e desenhou um círculo no chão, logo quando o terreno passa a ser plano e regular, correu alguns metros para a esquerda e desenhou outro, no sopé de uma árvore seca tentando dificultar ao máximo a visão aérea. Terminado o segundo círculo Adam partiu em disparada para o fundo do terreno, correu cerca de 10 metros até ser bloqueado por um muro de pedras que demarcava o limite do terreno, ali aguardou.

_________________
"Transformar o complicado em simples exige criatividade." - Hohenheim da luz
avatar
ycarowr
Admin

Mensagens : 88
Data de inscrição : 21/02/2012
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  Gustavo M. em Qua Jan 02, 2013 2:26 pm

*Marcas das cinzas espalhadas pela casa em chamas podiam ser vistas na pele daquele jovem garoto de pele clara, que ainda se esforçava para localizar o adversário fugitivo. Um vento breve bagunçou os cabelos de tom rosa fazendo-o se sentir bem mais aliviado com o cheiro fresco do ar limpo, livre daqueles pobres corpos pútridos do interior da casa.*

- Onde será que ele está?

*Happy, sobrevoava a região em círculos olhando atentamente cada mínimo detalhe. Mas boa parte do trabalho era dificultado pela presença de obstáculos como as árvores. O exceed sentia que precisaria voar mais baixo caso desejasse encontrar o inimigo, mas era algo perigoso de se fazer.*

- HAPPY! – chamou Natsu em tom alto e quando ele se aproximou – Achou ele?


- Ainda não, Natsu! Tem muitas árvores atrapalhando...

- Eu vou olhar nesses locais, você continua procurando no céu, certo?

- Aye! – concordou levantando uma das patas e dando um breve sorriso.

*Natsu seguiu caminhando a procura de Adam, estava atento a qualquer barulho, além dos rastros. Seus olhos praticamente escaneavam o chão a procura de amostras de sangue ou fiapos de roupa queimada, mas aparentemente não haviam.*

“Acho que ele conseguiu escapar sem ser atingido afinal...”

*Caminhou por um alguns minutos até que notou um desenho estranho no solo, parecia um círculo com alguns símbolos estranhos. Apesar de sua curiosidade atiçar querendo chegar perto e analisar melhor o desenho, Natsu não o fez. Sabia que Adam estava escondido e isso poderia muito bem ser uma armadilha. Mas aquilo significava que estava no caminho certo. O Salamander seguiu em frente até ouvir a voz de Happy:*


- NATSUUU! – disse enquanto se aproximava velozmente - Achei ele! Lá perto do muro!

- Boa Happy! Vamos pegar ele e voltar logo pra casa!


- Aye! – concordou, porém, segundos depois indagou ao ver o desenho logo em frente – O que é isso?

*Natsu encarou o desenho, ainda de longe. Não sabia o que era aquilo, nem tinha certeza se fora obra de Hamisen, como supunha, mas ao ter uma idéia, virou-se pra Happy e disse:*

- Happy, eu tenho um plano! – cochichou logo em seguida no ouvido de seu companheiro.

*Depois, o Dragon Slayer correu ao encontro do alquimista. Não havia avistado o outro círculo abaixo da árvore seca, seus olhos focavam apenas o sujeito:*

- DR. HAMISEN! ACHEI VOCÊ!

“Preciso atacar daquele jeito novamente...”

*Continuou correndo em sua direção e inflamou seus braços até que lançou:*

- Karyuu no Kouen! (Grande chama da Salamandra!)

*Se Adam desviasse, Natsu avançaria em sua direção enquanto o observaria lidando com os destroços do muro que provavelmente sucumbiriam sobre ele e assim que chegasse suficientemente perto, atacaria com socos e chutes em chamas.*

*Se Adam se defendesse com a alquimia, Natsu gritaria:*

- AGORA HAPPY!
avatar
Gustavo M.

Mensagens : 66
Data de inscrição : 25/02/2012
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  ycarowr em Dom Jan 13, 2013 12:43 pm

Não demorou muito até Adam avistar o garoto. Ele parou e reparou no círculo de alquimia que estava ali, pareceu hesitar. Parecia ter medo. Já a quimera falante pairava logo acima dos seus cabelos. Estavam trocando segredos. Com certeza bolando uma estratégia de ataque.

Adam estava relativamente longe deles. Cerca de 10 metros na frente do garoto de cabelo rosa. Poderia se prevenir de ataques a longa distância com certa facilidade. Atrás havia um muro de pedras, as mesmas da base da casa. “Ainda há o outro círculo escondido nas folhas” pensou Adam enquanto arrumava suas calças que haviam cedido devido a corrida até ali. “Há isto aqui também” lembrou-se ao mesmo tempo que tateou volume do bolso da calça. Ainda não tinha nenhuma certeza sobre seu conteúdo, mas aqueles corpos no chão não tinham perdido a pele através de uma esfolação comum.

Finalmente o menino pôs-se a correr na direção de Adam novamente. Desta vez não havia ferro por perto e Adam teve que usar as pedras. Ignorando as palavras do garoto o alquimista fechou um círculo e espalmou ambas as mãos no muro. Este se deslocou na forma de uma viga pontiaguda na direção da pequena quimera azul. Isto serviria apenas para distrair ambos, a quimera provavelmente iria se afastar e talvez se aproximar do círculo escondido na árvore seca. Assim Adam ativaria o círculo que não estava escondido criando outra mão gigante que tentaria empurrar a criatura para mais perto da árvore.

Caso o plano ocorresse bem, Adam prenderia a criatura em uma mão de terra gigante usando o círculo próximo a árvore. Terminando o processo apontaria para a criatura presa e diria:

- Garoto, você honra sua palavra e faria qualquer coisa para salvar seu amigo ?

Se o plano não ocorresse bem e Adam não conseguisse prender a quimera azul, provavelmente ele estaria frente a frente com o inimigo. Assim não teria opção a não ser retirar o frasco do bolso e tentar jogar o conteúdo no garoto. Em meio a este processo Adam poderia receber diversos ataques.

_________________
"Transformar o complicado em simples exige criatividade." - Hohenheim da luz
avatar
ycarowr
Admin

Mensagens : 88
Data de inscrição : 21/02/2012
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  Gustavo M. em Sab Jan 19, 2013 3:05 pm

*No exato instante em que o Salamander inflamou seus braços preparando-se para iniciar sua estratégia, percebeu que Adam o havia antecipado unindo as mãos como numa prece e espalmando-as no muro em seguida. Diversos raios fluíram na superfície daquelas pedras enquanto as mesmas se reestruturavam numa viga pontiaguda e perigosa que imediatamente avançava sobre seu companheiro de guilda:*

- HAPPY!!! - exclamou Natsu preocupado ao mesmo tempo em que virava seu rosto para observar seu amigo.

*No entanto, o exceed também era habilidoso como os Magos da Fairy Tail e não teve dificuldades para desviar da lança de pedra erguendo-se numa altura um pouco maior bem como se afastando um pouco. Mas as surpresas não se limitaram a isso. Subitamente após tal evasiva, uma mão de terra ergueu-se do solo à um simples movimento de Adam; movimento que Natsu não conseguira ver, pois ainda observava seu nakama e que Happy não fora capaz de prever.*

- HAPPYYYY!!! - gritou desesperado quando avistou a mão prestes a segurá-lo.

*Seu temor pelo o amigo era tão grande que imediatamente se pôs a correr até ele, mas interrompeu seu movimento quando ouviu a voz de Adam ao mesmo tempo em que via a mão de terra gigante ocultar o gato azul completamente entre seus dedos.*

- Garoto, você honra sua palavra e faria qualquer coisa para salvar seu amigo?

* Natsu encarou o alquimista ferozmente com seu olhar, como se o devorasse em sua fúria por ter tocado em algo tão importante para ele, praticamente sagrado. Agora as chamas queimavam mais intensamente por todo seu corpo e vagarosamente começavam a brotar em sua pele, pequenos hexágonos em cadeias que, se observados com atenção, lembravam muito escamas de serpentes. Com uma voz grave e uma postura bem mais séria, ele já não mais pedia; ordenava:*

- Solte o Happy!

*Entre os dedos de terra, o exceed dava socos e chutes tentando sair.*

- Natsuuu...
avatar
Gustavo M.

Mensagens : 66
Data de inscrição : 25/02/2012
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  ycarowr em Ter Mar 12, 2013 10:57 am

O plano tinha ocorrido como Adam planejara. Ou melhor ainda. A pequena criatura encontrou-se presa na primeira tentativa do alquimista. Portanto, Adam ainda possui um círculo de alquimia situado próximo a ambos os inimigos, o mesmo que Natsu havia evitado anteriormente. “Agora ele sabe que eu posso atacar de longe” pensou subitamente.

- Solte o Happy - Indagou o menino enquanto a criatura gritava desesperada.

- Garoto. Não quero mal algum a nenhum de vocês. Eu não sou Hamisen. Vim aqui pelo mesmo prósito que você. Ao que me parece você tem certo afeto pela criatura. - Disse Adam apontando para Happy entre os dedos de pedra. - Poupe a vida dele, vá embora e desista desta luta que eu solto seu amigo. Eu tenho outros assuntos menos importunos e mais importantes a tratar. Você já atrapalhou o governo o suficiente. - Concluiu Adam vendo a fumaça que saia da casa.

_________________
"Transformar o complicado em simples exige criatividade." - Hohenheim da luz
avatar
ycarowr
Admin

Mensagens : 88
Data de inscrição : 21/02/2012
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  Gustavo M. em Sab Maio 25, 2013 9:48 pm

*Ao ouvir aquelas palavras, Natsu se perguntou se era verdade o que aquele sujeito dizia, mas já não mais valia a pena insistir na luta uma vez que agora a vida de Happy dependia de suas atitudes. Ainda assim era difícil tomar a decisão de se render, não por orgulho, mas por correr o risco de perder definitivamente seu Nakama.*

"Happy..."

*A indecisão continuava. Seu olhar focava alternadamente a gigantesca mão de terra e a face do homem de óculos. Nada garantia que este estivesse dizendo a verdade "e se ele atacar o Happy mesmo assim?". Temia. Angustiado pelo peso de sua decisão, Natsu caiu de joelhos sobre o chão e o socou:*

- Droga! - disse enquanto lágrimas pareciam preencher o canto de seus olhos e a combustão violenta que o envolvia se desfazia rapidamente até que o garoto voltasse a ser apenas um garoto - Se você está falando a verdade, então solte o Happy! - respondeu olhando firmemente nos olhos de Adam, porém em tom de choro - Eu desisto... Mas solte o Happy!!!

*Happy também observava por um pequeno vão entre os dedos fechados da mão de terra. E lágrimas escorriam de seus olhos grandes e redondos.*

- Natsuuu!

avatar
Gustavo M.

Mensagens : 66
Data de inscrição : 25/02/2012
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  ycarowr em Ter Jun 04, 2013 12:32 pm

No momento em que Adam declarou suas palavras o garoto percebeu sua real posição. Ele estava na desvantagem com a criatura presa, a resposta de Adam seria mais rápida do que qualquer movimento. Como toda criança desesperada ele desabou. Ajoelhou-se, socou o chão com força e suplicou a liberdade do amigo. “Realmente ele tem grande afeto pela criatura” pensou Adam levado por sentimento de pena vendo os olhos da criança lacrimejarem. Quando. novamente, lembrou das palavras do garoto momentos antes:

-Happy é meu Nakama e eu não vou deixar você fazer mal a ele.

- Garoto, levante-se. - Disse Adam indo em direção a criaturinha presa. - Choramingar assim não o levará a lugar algum. Experiência própria... Suma da minha frente, e leve seu amigo antes que eu mude de ideia. - Ordenou Adam lembrando dos dias que passou de luto tranco em casa. Assim desfez a jaula que aprizionava a criatura, deu as costas e dirigiu-se a casa que pegava fogo.

_________________
"Transformar o complicado em simples exige criatividade." - Hohenheim da luz
avatar
ycarowr
Admin

Mensagens : 88
Data de inscrição : 21/02/2012
Idade : 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  Gustavo M. em Qui Jun 13, 2013 7:46 pm

- NATSUUUU!!! - gritou Happy ao mesmo tempo em que asas angelicais o davam a capacidade de sair voando ao encontre do Dragon Slayer.


- HAPPY!!! - correspondeu o garoto abrindo os braços para recebê-lo em um forte abraço.


*Ao que parecia, o homem de óculos não era afinal, uma pessoa ruim, muito menos o próprio Hamisen. Ao ouvir suas palavras, ainda abraçado ao exceed, Natsu o indagou:*


- Espere! Qual é o seu nome?


*Esperaria algum tempo para ouvir a resposta do alquimista. No entanto, se esta não surgisse, Natsu ainda assim o agradeceria pelo cumprimento de sua palavra e partiria de volta à Fairy Tail junto de Happy.*
avatar
Gustavo M.

Mensagens : 66
Data de inscrição : 25/02/2012
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luta #01: Adam Bailey VS Natsu Dragneel

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum